APRESENTAÇÃO DO LIVRO

APRESENTAÇÃO DO LIVRO "A ASSASSINA DA RODA" | 16 DE OUTUBRO | 21H30 | PISO 0


Apresentação do livro "A assassina da roda - A história da última mulher executada em Portugal"

Com a presença da autora Rute de Carvalho Serra

Apresentação de Fernando Paulo Ferreira


16 de outubro de 2020 | 21H30

Entrada gratuita
(Lugares limitados de acordo com as normas da DGS)


Rute de Carvalho Serra: Cidadã de Lisboa, cidade onde nasceu e vive desde 1975. Herdeira genética da paixão pela investigação histórica, leitora sôfrega, cedo percebeu a sua vocação literária que adiou até não poder mais. Mestre em Direito tem dedicado a sua vida profissional ao combate à criminalidade, nas suas distintas manifestações, área sobre a qual é palestrante assídua e possui obra técnica publicada. Cronista regular dos jornais Expresso, Público e I e da revista Visão é ainda membro da direção de dois Observatórios, relacionados com a fraude e a segurança, criminalidade organizada e terrorismo. Aventura-se pela primeira vez nas exigentes veredas da ficção, com o seu romance de estreia, sob o título: «A Assassina da Rosa - A história da última mulher executada em Portugal».

SINOPSE: Julho de 1772. Na Casa da Suplicação em Lisboa, agitam-se as hostes perante ruas fervilhantes de um povo acicatado, pelos terríveis atos cometidos por uma assassina. Chama-se Luiza de Jesus e vem acusada de ter tirado a vida a trinta e três crianças, expostas na Roda da Misericórdia em Coimbra. Que pode ter levado esta jovem mulher a matar impiedosamente inocentes enjeitados? Quem era ela afinal?
Estas perguntas desassossegam o espirito do Intendente Pina Manique, seu julgador. Deambulando entre Lisboa, Coimbra, Figueira de Lorvão (e Galiza) será possível encontrar respostas? Poderão afinal tradição e mística milenar coexistir?
Um romance apaixonante e intenso baseado em factos verídicos, onde as convicções sobre a verdade, mentira, miséria e ostentação são postas definitivamente à prova.
Qual a utilidade da pena de morte? Serão os perturbantes e constragedores pormenores da execução pública desta assassina, suficiente para que a «memória de semelhante monstro» não desapareça?
In "A assassina da roda - A história da última mulher executada em Portugal"


Restrições impostas pela DGS:
Utilização de máscara obrigatória;
Desinfeção das mãos com solução à base de álcool (disponibilizado no local);
Distanciamento de segurança (2 metros).


Consulte AQUI o cartaz.

Data de publicação do artigo

06 outubro 2020

Categoria do artigo

CONVERSAS À MARGEM

 

Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

 

Rede Nacional de Bibliotecas Públicas

 

Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas

 

Fábrica das Palavras | BMVFX

MENU

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao prosseguir, concorda com a nossa política de utilização.